Programa Nacional de Habitação Rural 2018 – Inscrições

Cadastro no Programa Nacional de Habitação Rural 2018

O Programa Nacional de Habitação Rural tem a finalidade de proporcionar a a construção ou a reforma de habitações situadas no campo, por intermédio de cooperação com Entidades Organizadoras, as quais são cadastradas pelo governo federal, com o auxílio do Banco do Brasil.

programa-nacional-de-habitacao-rural

Programa Nacional de Habitação Rural 2018 Quem tem direito?

Têm direito de participar do Programa Nacional de Habitação Rural agricultores e trabalhadores rurais que fazem parte da reforma agrária, pessoas do quilombo, quem trabalha com extração de matérias-primas, dentre outras comunidades podem ser consideradas como locais e que precisam de desenvolvimento para não perderem as suas essências.

Programa Nacional de Habitação Rural 2018: Como funciona?

O Programa funciona da seguinte forma: serão beneficiadas pessoas cuja renda familiar anual seja de:

  • Até 15 mil reais
  • De 15 a 30 mil reais.
  • De 30 a 60 mil reais.

Em vista da finalidade do programa, a habitação não pode ser alienada, ou seja, vendida, doada, trocada etc., durante o período em que o contrato estiver vigente.

programa-nacional-de-habitacao-rural-inscricoes-como-funciona

Quem tem direito ao Programa Nacional de Habitação Rural será atendido coletivamente, de 4 até 50 pessoas. A exceção ocorrerá nos casos de reforma agrária, onde pode existir algum projeto com mais de 50 pessoas.

Cada grupo deve ser formado por pessoas que estejam inseridas em uma mesma comunidade. Por exemplo, de quilombolas, de indígenas etc.

Outro requisito é que o local da habitação, para que se enquadre no Programa Nacional de Habitação Rural 2018, é que imóvel esteja dentro da área do município.

Programa Nacional de Habitação Rural 2018: etapas

O Programa se inicia por meio de carta. Após que a carta for considerada apta, haverá a exigência de mostra de diversos documentos. Os interessados devem fazer projetos-modelos de habitações. Com isso, o projeto será avaliado por uma entidade, que fará a análise jurídica e documental.

O trâmite pode parecer complicado, mas é muito mais simples do que você pode imaginar. Se tudo estiver ok, há a autorização para contratar. Depois que tudo já estiver correto, já será paga a primeira parcela do recurso pelo banco escolhido. Aliás, é o próprio banco que irá definir o início das construções ou reformas.

Vale mencionar que o governo federal tem uma tabela com os valores máximos referentes à construção e reforma para cada um desses grupos mencionados.

pnhr

Tirou suas dúvidas a respeito do Programa Nacional de Habitação Rural 2018? Se não, você poderá acessar o site do Banco do Brasil e ter muitas outras informações sobre essa ação tão importante.

Lá você saberá valores, prazos e condições para estar participando do Programa de Habitação Rural 2018.

Não deixe de participar do Programa de Habitação Rural 2018. Essa é mais uma forma para que você consiga melhorar de vida, bem como a sua comunidade, o PNHB 2018, sigla como é conhecida o programa, irá te ajudar muito nessa jornada.

Mais sobre o Minha Casa Minha Vida 2018



5 Comentários em Programa Nacional de Habitação Rural 2018 – Inscrições

  1. Maria da Conceição Nunes Lopes disse:

    Espero ansiosamente, começar a construção aqui no assentamento.

  2. laila ubbi disse:

    Olá, sou cliente BB já ha alguns anos e gostaria de informaçoes mais detalhadas sobre o PNHR.
    Eu e meu parceiro somos pequenos produtores rurais, onde nossa frente de trabalho é a apicultura e agricultura organica, producao vegetal já certificada como Organicos do Brasil pelo metodo participativo. Estamos muito interessados em construir uma casa esse ano para ter mais qualidade de vida.
    Fazemos parte da associaçao APOMM da Organicos Sul de Minas, onde sao muitos os participantes e talvez com o mesmo interesse de contruir, estamos com a duvida de como ingressar nesse projeto e se ha a necessidade de formar grupos para participação. Aguardo maiores informaçoes
    ATT
    Laila Ubbi Baldochi

  3. luis alberto da silva morais disse:

    gostaria de sabe se continua a questão de pontuação das entidades organizadora organizadora sobre pnhr

  4. Manoel Araujo da Silva disse:

    Eu sou Manoel faça parte do departamento de desenvolvimento comunitário trabalho na.organização de 70 Associações do município de tutoia -ma e faço parte da coordenação da Carita Brasileira regional maranhensse pela.Diocese de Brejo -ma

  5. Flavio santana disse:

    Já saiu uma lista de cidades beneficiada alias uma portaria no diário oficial da união as entidades organizadoras e cidades em todo pais k tao habito a pega este beneficio pnhr no total de 50 mil famílias faço uma pergunta e ad cidades e entidade organizadora k estao cadastrada no ministério da cidade k ficaram de fora dessa lista tem alguma possibilidade de pega esse beneficio espero esta resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *